terça-feira, 3 de agosto de 2010

Tudo o que eu queria te dizer!

Treinei na frente do espelho tudo o que eu queria te dizer. Estou pronta pra olhar nos seus olhos e reclamar da sua ausência, e dizer pra que não faça isso, dói.
Me sinto pronta, escrevi até no papel, vou dizer que você não me merece, que sou muito pra você e que esse seu jeito me incomoda e que sua ausência me desconsola, ah...confuso, contraditório! Mas eu treinei na frente do espelho, fiz até caras e bocas pra me sentir segura.
Minhas mãos estão suando, mas decorei tudinho, vou dizer que você não significa mais nada, que tudo o que passamos...como posso dizer!? "Passou".
Certo, vou dizer que odeio quando você é simpático com outras mulheres, que sua camisa xadrez é ridicula, que esse jeito que você sorri me desconcentra, que o calor das suas mãos me causam arrepios, que essa sua mania de fingir desinteresse mesmo quando tudo foge do controle me tira do sério.
Ah, mas são tantas coisas que vou te falar...você nem imagina quantas e quantas noites fiquei formulando tudo que eu quero te dizer.
E lá vem você, com aquele andar seguro, ar despreocupado, como se tudo estivesse normal.
Vamos lá, enchi meus pulmões...me preparo pra te dizer tudo o que quero e...Droga, você tinha que me abraçar? Tinha que dizer que sentiu minha falta? Que não aguenta minha ausência?
Assim me perco, me confundo e esqueço tudo e lá se vão os treinos no espelho, tudo por água à baixo.
E tudo o que eu ia te dizer se perde no abraço e na falta que você me faz.

Um comentário:

  1. Parabéns! amo seus textos.
    Muito profundos

    Bjus

    ResponderExcluir